TEMÁTICA

 

   Tem como foco o sistema “usuário x tarefa x ambiente”, em especial aspectos relacionados a atributos de humanização, lay-out, mobiliário e conforto ambiental (térmico, acústico e lumínico). Serão aceitos trabalhos que abordem ambientes residenciais, educacionais, institucionais, assistenciais, comerciais e de serviços. Os trabalhos enviados para esse eixo deverão abordar tópicos como: aplicação de métodos de avaliação em ergonomia em relação com o espaço físico; resultados de avaliação e intervenção nesse campo; revisão teórica e estratégias de ensino na área.

 

   Volta-se para a acessibilidade de ambientes urbanos e arquitetônicos a seus diferentes usuários, abrangendo métodos de avaliação e projetação, projetos de intervenção e de comunicação visual. Os trabalhos devem abranger tópicos relativos a: projetos de arquitetura, de urbanismo e de comunicação visual / sinalização com foco em acessibilidade; aplicação de métodos de avaliação e seus resultados; atividades de extensão que envolvam a facilitação da relação entre pessoas com deficiência e o ambiente construído; estratégias de ensino na área.

 2. ACESSIBILIDADE INTEGRAL  

 1. ERGONOMIA NO AMBIENTE CONSTRUÍDO  

arte eneac faixa site.png

APOIO NACIONAL:

CNPq_v2017_rgb.png
logo-abergo-png.png
FAPERGS-png.png

REALIZAÇÃO:

DESENHO INDUSTRIAL.png

APOIO LOCAL:

culturainglesa.png